Notícias
Ypiranga vence São Paulo e se aproxima da semifinal
Agência Negro Anil
Site Oficial : Em 25/08/2015.

O Ypiranga Clube venceu, de virada, o time do São Paulo-AP, pelo placar de 5 a 3, em partida válida pelo Campeonato Amapaense 2015. O confronto aconteceu na noite deste sábado (22), no estádio Zerão, em Macapá. O Clube da Torre chega aos 13 pontos e empata com Independente que continua líder por ter um saldo de gols melhor, já o São Paulo-AP afunda cada vez mais na lanterna da competição.

O jogo começou com a equipe do São Paulo-AP se impondo mais na partida e arriscando jogadas de ataque. Aos 12 minutos o Tricolor da Zona Norte balançou a rede do Ypiranga, em jogada pela lateral esquerda com Gabriel, que cruzou para Rocélio chutar para o gol, mas antes de comemorar o árbitro marcava impedimento na jogada.

O São Paulo-AP não reclamou muito, por que aos 16 minutos abriu o placar. Após escanteio cobrado pelo Bruno, a bola rebateu no zagueiro do Ypiranga, Filho, e a bola acabou no fundo do gol do Clube da Torre.

Na primeira vez que o Ypiranga foi ao ataque, aos 28 minutos chegou ao gol de empate com Tiririca, após a bola ficar viva dentro da área a bola sobrou para o atacante que só teve o trabalho de empurrar para o fundo. O gol animou o time do Ypiranga e aos 37 minutos chegou a virada com o atacante Malachias, que recebeu um belo passe dentro da área e ainda driblou o goleiro Kleber antes de chutar para o gol vazio.

Após o gol o técnico Jorginho Macapá fez a primeira substituição. Saiu o meia Paulinho Potiguar e entrou com a camisa 14 o atacante Esquerdinha e logo aos 42 minutos, nos primeiros toques da bola, Esquerdinha cobrou falta que assustou o goleiro Mumu. Sem mais emoções, a primeira etapa terminou em 2 a 1.

Na volta do intervalo, a única mudança no time do Ypiranga foi a troca de camisas do segundo uniforme para o primeiro. O São Paulo-AP voltou sem substituições. Aos 8 minutos de partida o Ypiranga ampliou o placar com o lateral direito Leandrinho, em uma belíssima cobrança de falta colocando a bola no ângulo direito do goleiro Kleber, que só pôde olhar a bola estufar a rede.

Dominando a partida desde o início da etapa complementar o Ypiranga chegou ao quarto gol aos 15 minutos com o atacante Wellington, que entro no segundo tempo, e no primeiro toque recebeu a bola pela direita dentro da área e chutou cruzado rasteiro sem chances para o goleiro do Tricolor.

Aos 22 minutos o meia Alex Correa foi expulso por reclamação. Uma pequena confusão se formou com a reclamação dos jogadores tricolores e a partida ficou paralisada por cerca de cinco minutos, mas a Polícia Militar acabou com a discussão e o jogo continuou.

Aos 33 minutos Wellington quase marca o segundo dele na partida, mas o goleiro Kleber fez uma bela defesa evitando o quinto gol. Mas aos 34 minutos, em jogada rápida de contra-ataque o Ypiranga chegou ao quinto gol com o meia Vando, que chutou de fora da área e dessa vez o goleiro não conseguiu evitar. O são Paulo-AP voltou a balançar as redes adversárias aos 37 minutos com Edinilson que entrou no segundo tempo da partida.

Aos 40 minutos, de novo, Wellington teve a chance de ampliar o placar com um belo chute colocado que tirou tinta da trave e suspiros da torcida ypiranguista, que compareceu em maior número. Nos acréscimos o São PauloAP ainda descontou com o atacante Bruno de pênalti que chutou forte no canto direito do goleiro Mumu. Sem mais emoções o jogo terminou em 5 a 3.

Público

Cerca de 370 torcedores compareceram ao estádio olímpico Zerao para prestigiar a partida entre Ypiranga e São Paulo-AP. A renda total foi mais de R$ 2,7 mil.

Confira como as equipes foram a campo:

Ypiranga: 1-Mumu, 2-Leandrinho, 3-Ulic, 4-Filho, 6-Isaac, 5-Paulinho, 8-Adriano Miranda, 7-Vando, 10-Paulinho Maclaren, 9-Tiririca e 11-Malachias. Técnico: Vitor Jaime.

São Paulo: 1-Kleber, 2-Silvinho, 3-Edilson, 4-Davi, 6-Gabriel; 5-Glaub, 8-Oziel, 7-Alex Corrêa, 10-Paulinho Potiguar; 9-Rocelio e 11-Bruno. Técnico: Jorginho Macapá.

Fonte: Globoesporte.com


PUBLICIDADE